Link love #9

Adivinha quem não faz um post há mais de um mês e veio aqui ver se alguém ainda lê esse blog? Isso mesmo, euzinha. Eu fiz apenas 1 post em julho e 2 em junho, o que é um número muito menor do que eu gostaria. Tenho uma meta geral de fazer pelo menos uma postagem por semana, o que eu claramente não cumpri nesses últimos meses. Não foi por falta de ideias. Pelo contrário! Minha lista de ideias para o blog só cresce, assim como meu perfeccionismo (infelizmente).

Hoje em dia os blogs estão cada vez mais profissionais e é muito difícil deixar a comparação de lado. Ao invés de me inspirar nesses blogs, eu acabo pensando “Eu nunca serei como eles”. Ao invés de me inspirar, eu acabo me desmotivando. Eu sempre quero fazer um post melhor que o anterior, mas isso têm me paralisado ao invés de me estimular. E o resultado disso foram apenas 3 posts em alguns meses.

Somando essa falta de motivação com um HD externo (que contém toda minha vida) quebrado, temos ai um blog abandonado. Estou trabalhando para recuperar os arquivos que estavam no HD, mas enquanto isso não acontece, os posts por aqui serão mais simples e espontâneos.

E é na base da espontaneidade que essa série de posts – Link Love – nasceu. Tinha vontade de compartilhar algumas coisas aleatórias com vocês mas não sabia como incorporá-las no meu blog. Acabei fazendo isso da forma mais simples possível: um apanhado de links que eu achei legal por ai. Bom, sem mais delongas, aqui estão os links dessa semana (acompanhados de um download de wallpaper pro seu computador, como sempre).

WALLPAPER DOWNLOAD

link love

O wallpaper da vez é minimalista e fofo – do jeito que eu gosto! Foi feito pela Deborah Kim e compartilhado lá no DesignLoveFest. Vocês podem clicar aqui para entrar no post e baixá-lo. No link também tem mais duas opções de papel de parede, todas igualmente lindas. Esses wallpapers me lembram as flores que enfeitam Brasília na seca, o que só me fez amá-los mais! 🌸

48H NO RIO

link love

Em junho desse ano a minha blogueira preferida (de que eu já falei sobre mil vezes aqui no blog) foi convidada pela Paco Rabanne a passar alguns dias aqui no Rio de Janeiro. Fiquei super feliz quando soube da notícia que ela conheceria pela primeira vez meu país e fiquei ansiosa esperando os posts em que ela nos contava o que achou de toda a viagem. O resultado dessa viagem foram dois posts super legais com fotos lindíssimas (que você pode conferir aqui e aqui). Se eu já tinha vontade de conhecer o Rio antes, depois desses posts e das Olimpíadas então… Tô quase comprando uma passagem! Haha 🙂 Foram só dois dias na Cidade Maravilhosa mas foram o suficiente para deixarem convencerem a Carrie a voltar um dia.

48H EM LONDRES

link love

Falando em passar 48h em cidades incríveis, a Olivia (outra blogueira que eu adoro e que já apareceu várias vezes aqui no blog) criou um super guia de “como passar 48h em Londres”. A Liv mora em Londres, então sabe como ninguém quais são os “tesouros escondidos” da cidade e o que não podemos deixar de fazer lá! Ela tenta fugir um pouco das coisas mais clichês mas não descarta os lugares mais turísticos. Preciso confessar que minha saudade de Londres só aumentou lendo esse post, e eu nem sabia que isso era possível! Vi muitos lugares que eu já fui e muitos que eu fiquei morrendo de vontade de ir mas não tive a oportunidade quando estava lá. Esse post é ótimo para quem está planejando uma viagem para a Inglaterra ou simplesmente fica sonhando em ir na Terra da Rainha (eu me encaixo no segundo grupo). 🇬🇧

AUTOMATIZANDO O BLOG

link love

Ultimamente eu demoro um século para produzir um post e isso também é uma das coisas que anda me desestimulando. O pessoal do The Fresh Exchange fez um post ótimo falando das vantagens de “automatizar” seu blog e como fazer isso sem perder sua essência. Eles explicam que, ao automatizar alguns processos no seu blog (como a edição das suas fotos ou a divulgação dos posts nas redes sociais), sobra mais tempo para você criar um conteúdo ainda melhor! Definitivamente vou usar as dicas que eles deram no post e tentar acelerar o processo por aqui.

2016 NÃO É TÃO RUIM ASSIM

link love

E por último, mas não menos importante, um vídeo do meu autor preferido: John Green. Nesse vídeo, o John nos mostra que, apesar do que pode parecer, 2016 não é um fracasso total. Esse vídeo é importantíssimo numa época em que a tragédia é muito mais televisionada que a esperança, as boas ações, o amor. Obrigada, John Green, por me fazer não perder a fé na humanidade. ♡ DFTBA!

_____________________________

Que a segunda-feira de vocês seja incrível!

Author: Tatyanna Gois

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *