Review: livros da Rainbow Rowell

Rainbow Rowell

O post de hoje é mais uma resenha literária. Dessa vez resolvi falar o que achei dos 3 livros que li da escritora americana Rainbow Rowell. Ainda falta ler Attachments e Carry On (que será lançado esse ano). Todos os livros dela que comprei são hardcover e vêm com uma jacket. Sem a jacket, os livros são cinzas escuros com o título escrito em azul (Eleanor & Park), verde (Fangirl) e amarelo (Landline). Li todos em inglês (comprei na Barnes & Noble) e todos são leituras bem fáceis, bem tranquilas. A diagramação das páginas é ótima também. No mais, só elogios.

Rainbow Rowell Rainbow Rowell

Eleanor & Park

Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell

Eleanor & Park conta a história de *surpresa* uma menina chamada Eleanor, um menino chamado Park e a evolução do relacionamento dos dois. A história se passa em 1986, o que dá um toque nostálgico à trama. Eleanor é uma menina ruiva, gordinha e com uma família problemática. Park é um menino com traços asiáticos que adora quadrinhos e música. A história mostra desde o momento que eles se conhecem – no ônibus para escola – até os problemas que têm que passar juntos como um casal.

Eleanor & Park foi o primeiro livro que li da autora e o que mais gostei de todos. É, provavelmente, o mais conhecido dela também. Eu não conseguia parar de lê-lo! É um livro gostosíssmo, daqueles que você se envolve na história e fica pensando nos personagens mesmo depois de ter parado de ler. Adorei como a autora coloca elementos da cultura pop daquela época, como os quadrinhos da época e as bandas famosas. Deu para ter uma sensação de como era ser adolescente nos anos 80, o que foi bem legal. Eu amei o casal que Eleanor e Park fizeram. Acho que tem algo inocente, puro e muito verdadeiro na relação dos dois. Sobre o final (sem spoilers), vi que algumas pessoas se decepcionaram. Eu, ao contrário, achei que a história acabou do jeitinho que tinha que acabar, com gostinho de “quero mais”. Recomendo bastante a leitura para quem gosta de livros do tipo Young Adult. E notícia boa (eu acho): parece que o livro será transformado em filme!

Fangirl

Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell

Fangirl conta a história de Cath, uma adolescente prestes a ir para faculdade. Cath têm uma irmã gêmea (Wren) e pela primeira vez viverá longe dela, já que Wren escolheu não ser colega de quarto da irmã. Cath tem então uma colega de quarto (Reagan) que aparentemente não gosta muito dela, uma irmã gêmea que quer viver a própria vida, um pai um pouco complicado e muita ansiedade com tudo isso. Para acrescentar, Cath é autora de uma das fanfics mais famosas sobre Simon Snow (tipo um Harry Potter). A história mostra como ela lida com a ansiedade, a vida nova, à responsabilidade de ter que escrever para milhões de adolescentes e, claro, ao amor.

Eu li esse livro agora nas férias de Agosto e simplesmente adorei! Ela toca em assuntos que são bem próximos à mim, como ansiedade, faculdade, fanfics… Para quem não sabe, eu era viciada em fanfics na minha adolescência. É um livro envolvente também. Li tudo rapidinho! Levi (um dos personagens da trama) é um dos personagens mais fofos e gentis que já li. Já Cath é parecida comigo em muitos aspectos, o que deu uma me sensação de pertencimento enquanto eu lia o livro. Recomendo bastante a leitura também, principalmente para quem gosta de fics e YA novels. Para minha alegria, a autora lançará em breve o livro Carry On, que era a fanfic que Cath escrevia em Fangirl. YAY!!

Landline

Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell Rainbow Rowell

Landline (a tradução em português seria algo como “telefone fixo”) conta a história de Georgie, uma escritora de TV, e Neal, seu marido. Seu casamento não anda muito bem e um dia antes deles irem para a casa da família do Neal (que fica em outra Omaha) para comemorar o Natal, Georgie diz que não pode ir. Ela tinha recebido uma oportunidade no emprego e precisava ficar em Los Angeles. O marido fica chateado com ela, claro, e vai com as crianças para Omaha. Ela se pergunta ai se ela teria arruinado de vez seu casamento e tudo que eles tinham construído juntos. Nessa noite Georgie telefona para a casa de Neal e tem uma surpresa: ela está falando com o Neal do passado. Ela acha então que tem uma oportunidade de mudar o rumo do casamento dela. Será que ela consegue consertar seu casamento? Ou será que era melhor ela nunca ter se casado com Neal? O resto vocês terão que ler para saber… 🙂

Apesar de Landline ter sido o livro que menos gostei, isso não significa que eu gostei pouco dele. Acho apenas que gostei dos outros mais. Se você tivesse a oportunidade de conversar com alguém do seu passado, o que você falaria? Landline é mais voltado para o público feminino, tem mais coisas e preocupações do nosso universo. Li esse livro rapidinho também (as horas paradas no aeroporto – onde eu quase terminei o livro – ajudaram) pois a leitura é bem leve, bem tranquila.


E ai, o que acharam desses 3 livros? Alguém ai já leu algum? Deixe sua opinião nos comentários!

<3

Author: Tatyanna Gois

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *